Editores da série MOC: Antonio Carlos Buzaid - Fernando Cotait Maluf - William Nassib William Jr. - Carlos H. Barrios

Editor-convidado: Caio Max S. Rocha Lima

Mama

Incorporação de abemaciclibe ao Rol da ANS – Um ganho para as pacientes com câncer de mama avançado

O novo Rol da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), publicado no dia 1º de abril de 2021, incorporou uma esperada atualização de cobertura mínima obrigatória para tratamento do câncer de mama: o inibidor de ciclinas abemaciclibe, uma medicação comprovadamente efetiva no tratamento do câncer de mama metastático, com resultados de Sobrevida Global no estudo MONARCH 2.

A incorporação de abemaciclibe no Rol da ANS representa uma mudança de paradigma no tratamento das pacientes com câncer de mama avançado, que agora poderão ter acesso facilitado a essa medicação, que já está aprovada no Brasil.

Assim como a aprovação anunciada pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em 2019, a inclusão de abemaciclibe no Rol da ANS em 2021, contempla dois diferentes cenários: em associação com um inibidor da aromatase como terapia inicial (estudo MONARCH 3) e também associado a fulvestranto como terapia endócrina inicial ou após terapia endócrina (estudo MONARCH 2).

Confira no vídeo os comentários do Dr. Antonio Carlos Buzaid, editor do MOC.

Apoio:

Lilly_onco_cmyk

Veja também:

Continue sua leitura

Mais informações e estudos no MOC Tumores Sólidos

Acessar MOC

Seja o primeiro a saber das novidades, cursos e novos manuais que serão lançados.

Cadastre-se abaixo para ter acesso:

Seu e-mail
Sua área de atuação

Sobre quais áreas você tem interesse de receber conteúdos?