Editores da série MOC: Antonio Carlos Buzaid - Fernando Cotait Maluf - William Nassib William Jr. - Carlos H. Barrios

Editor-convidado: Caio Max S. Rocha Lima

Mama

Abemaciclibe é incorporado ao Rol da ANS

O inibidor de ciclinas abemaciclibe foi incorporado este ano ao rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que estabelece os exames e tratamentos que possuem cobertura obrigatória pelos planos de saúde. A incorporação contempla duas diferentes indicações de tratamento do câncer de mama avançado: o uso combinado de abemaciclibe a um inibidor da aromatase como terapia inicial, conforme avaliado no estudo MONARCH 3, assim como a combinação de abemaciclibe a fulvestranto como terapia endócrina inicial ou após terapia endócrina, baseado no estudo MONARCH 2.

A eficácia de abemaciclibe em ambos os cenários é bem estabelecida, e a droga possui aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) em ambas as indicações de tratamento desde 2019. De acordo com os resultados do estudo MONARCH 2, a combinação de abemaciclibe a fulvestranto reduz em 24% o risco de morte em comparação ao uso de placebo e fulvestranto como terapia endócrina inicial ou após hormonioterapia. Já o estudo MONARCH 3 demonstrou que a combinação de abemaciclibe a um inibidor da aromatase reduziu em 46% o risco de progressão de doença ou morte quando comparado a placebo e inibidor da aromatase como hormonioterapia inicial.

A incorporação de abemaciclibe no rol da ANS representa, desta maneira, um importante benefício aos pacientes, por facilitar o acesso a uma medicação amplamente estudada e comprovadamente efetiva no tratamento do câncer de mama avançado.

Por Dr. Daniel Vargas P. de Almeida

Saiba mais sobre os benefícios e eficácia de abemaciclibe nos vídeos e notícia a seguir:

Continue sua leitura

Mais informações e estudos no MOC Tumores Sólidos

Acessar MOC

Seja o primeiro a saber das novidades, cursos e novos manuais que serão lançados.

Cadastre-se abaixo para ter acesso:

Seu e-mail
Sua área de atuação

Sobre quais áreas você tem interesse de receber conteúdos?