Editores da série MOC: Antonio Carlos Buzaid - Fernando Cotait Maluf - William Nassib William Jr. - Carlos H. Barrios

Editor-convidado: Caio Max S. Rocha Lima

Vídeo-MOC

VOLUME 12 ● NÚMERO 06

CEMIPLIMABE NO TRATAMENTO DO CARCINOMA BASOCELULAR DE PELE 

O tratamento dos carcinomas de pele do tipo não melanoma constituem um desafio na oncologia. Habitualmente, essas neoplasias acometem pacientes idosos. A sua capacidade de invasão e progressão local, por vezes, levam a prejuízos relevantes na qualidade de vida, decorrentes de um impacto importante na capacidade funcional bem como no prejuízo estético associados à doença e ao seu tratamento.

No cenário do carcinoma de células escamosas da pele, o anticorpo monoclonal anti-PD-1 cemiplimabe faz parte do arsenal terapêutico tanto na doença localmente avançada quanto na doença metastática em razão da alta atividade da droga nesse tumor, demonstrada por taxas de resposta em torno de 40% em ambas as apresentações clínicas.1 e 2

Por outro lado, no tratamento do carcinoma basocelular de pele, o tratamento sistêmico padrão em grande parte dos casos baseava-se prioritariamente no uso de inibidores da via do hedgehog dada a limitação de opções terapêuticas disponíveis para essa doença. Entretanto, recentemente a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância) concedeu aprovação ao uso de cemiplimabe no tratamento de pacientes com carcinoma basocelular que apresentam intolerância ou doença refratária ao tratamento com um inibidor de hedgehog. O estudo EMPOWER BCC-1 demonstra que essa é uma terapia efetiva, com taxas de resposta de 31% e 21,4% na doença localmente avançada e metastática, respectivamente. 3 e 4

Neste Vídeo-MOC, o Dr. Gustavo Schvartsman, oncologista do Hospital Israelita Albert Einstein, revisa os principais dados do estudo que levou à aprovação de cemiplimabe no tratamento do carcinoma basocelular e discute juntamente com o Dr. Rafael Schmerling, oncologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, as questões mais importantes que devem fazer parte das decisões terapêuticas do tratamento do carcinoma de pele.

  1. J Immunother Cancer. 2020 Jun;8(1):e000775.
  2. N Engl J Med. 2018 Jul 26;379(4):341-351. 
  3. Annals of Oncology (2020) 31 (suppl_4): S1142-S1215. 
  4. J Immunother Cancer. 2020;8:abstr 428. 

Apoio:

Sanofi_cmyk_a

Veja também:

Continue sua leitura

Mais informações e estudos no MOC Tumores Sólidos

Acessar MOC

Seja o primeiro a saber das novidades, cursos e novos manuais que serão lançados.

Cadastre-se abaixo para ter acesso:

Seu e-mail
Sua área de atuação

Sobre quais áreas você tem interesse de receber conteúdos?