Editores da série MOC: Antonio Carlos Buzaid - Fernando Cotait Maluf - William Nassib William Jr. - Carlos H. Barrios

Editor-convidado: Caio Max S. Rocha Lima

Vídeo-MOC

VOLUME 13 ● NÚMERO 14

IMUNOTERAPIA EM CÂNCER DE MAMA LOCALIZADO – ESTUDO KEYNOTE 522 

O tratamento do câncer de mama triplo negativo com doença localizada é um tema amplamente discutido e alvo de pesquisas na atualidade. Uma das estratégias mais promissoras é o uso da quimioimunoterapia.

Neste contexto, os dados do estudo KEYNOTE-522 demonstraram que a adição do anticorpo anti-PD-1 ao tratamento quimioterápico resultou em aumento da taxa de resposta patológica completa (64,8% versus 51,2%), além de demonstrar um benefício estatística e clinicamente significativo em sobrevida livre de eventos (HR=0,63; IC de 95% 0,48-0,82; p=0,00031), com taxas de 84,5% versus 76,8% aos 36 meses de seguimento.1 e 2 Estes resultados confirmam o benefício do uso dessa estratégia terapêutica com a incorporação de pembrolizumabe ao tratamento neoadjuvante do câncer de mama triplo negativo.

Entretanto, algumas questões ainda estão abertas no sequenciamento do tratamento neoadjuvante com pembrolizumabe, como a seleção da melhor estratégia de tratamento adjuvante no caso de ausência de resposta patológica completa e também como tratar pacientes com mutações germinativas de BRCA.

A Dra. Debora de Melo Gagliato, oncologista clínica da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, apresenta neste Vídeo-MOC dados bastante relevantes sobre o uso de quimioimunoterapia no tratamento do câncer de mama triplo negativo com doença inicial, e na sequência participa de uma discussão com o Dr. Antonio C. Buzaid, editor do MOC, e o Dr. Fabrício Palermo Brenelli, mastologista coordenador do Departamento de Mastologia do Centro de Oncologia da BP e Professor Dr. Assistente da Divisão de Oncologia Mamária do CAISM-UNICAMP.

  1. N Engl J Med. 2020 Feb 27;382(9):810-821. 
  2. Schmid P, et al: KEYNOTE-522: Phase 3 study of neoadjuvant pembrolizumab plus chemotherapy versus placebo plus chemotherapy, followed by adjuvant pembrolizumab versus placebo for early-stage triple-negative breast cancer. ESMO Virtual Plenary. Abstract VP7-2021.

Apoio:

MSD_verdecinza_novo

Veja também:

Continue sua leitura

Mais informações e estudos no MOC Tumores Sólidos

Acessar MOC

Seja o primeiro a saber das novidades, cursos e novos manuais que serão lançados.

Cadastre-se abaixo para ter acesso:

Seu e-mail
Sua área de atuação

Sobre quais áreas você tem interesse de receber conteúdos?