Editores da série MOC: Antonio Carlos Buzaid - Fernando Cotait Maluf - William Nassib William Jr. - Carlos H. Barrios

Editor-convidado: Caio Max S. Rocha Lima

Vídeo-MOC

VOLUME 13 ● NÚMERO 02

PEMBROLIZUMABE E LENVATINIBE EM CÂNCER DE ENDOMÉTRIO – ESTUDO KEYNOTE 775

A combinação de pembrolizumabe e lenvatinibe foi recentemente aprovada no Brasil pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para o tratamento de pacientes com diagnóstico de câncer de endométrio avançado após progressão a terapia sistêmica prévia.

Trata-se de uma combinação de drogas com atuação sinérgica em diferentes vias oncogênicas envolvidas na vascularização e resposta imune do microambiente tumoral.

A eficácia e segurança desta combinação foram avaliadas no estudo de fase III KEYNOTE-775, que demonstrou redução de 38% no risco de morte (HR=0,62; IC de 95%: 0,51-0,75; p<0,0001) quando comparado à quimioterapia, além de benefícios em sobrevida livre de progressão (HR=0,56; IC de 95%: 0,47-0,66; p<0,0001), taxa de resposta (32% versus 15%; p<0,0001) e duração de resposta (14,4 versus 5,7 meses). Tais benefícios foram consistentes na análise conduzida em subgrupos diversos.1

Confira neste Vídeo-MOC, apresentado pela Dra. Graziela Zibetti Dal Molin, oncologista clínica da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, uma revisão dos dados deste estudo, seguida de uma discussão com o Dr. Antonio C. Buzaid, editor do MOC.

  1. J Clin Oncol. 2020 Sep 10;38(26):2981-2992.

Apoio:

MSD_verdecinza_novo

Veja também:

 

Continue sua leitura

Mais informações e estudos no MOC Tumores Sólidos

Acessar MOC

Seja o primeiro a saber das novidades, cursos e novos manuais que serão lançados.

Cadastre-se abaixo para ter acesso:

Seu e-mail
Sua área de atuação

Sobre quais áreas você tem interesse de receber conteúdos?