Editores da série MOC: Antonio Carlos Buzaid - Fernando Cotait Maluf - William Nassib William Jr. - Carlos H. Barrios

Editor-convidado: Caio Max S. Rocha Lima

Dicas

Dica – Troca de prednisona por dexametasona em pacientes com câncer de próstata, doença metastática resistente a castração

Neste MOC-Dicas, Dr. Fernando Cotait Maluf, editor do MOC, e Dr. Guilherme Avanço, médico oncologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, falam sobre a troca de prednisona por dexametasona em pacientes com câncer de próstata, doença metastática resistente a castração.

Confira no vídeo comentários importantes sobre essa estratégia desde o background de dexametasona em relação à prednisona, passando por uma revisão dos resultados de trabalhos retrospectivos e prospectivos que avaliaram essa troca (estudos SWITCH, COU-AA-301, COU-AA-302, STAMPEDE e LATITUDE) e concluindo com esclarecimentos sobre os fatores que aumentam a chance de uma resposta pela troca do esteroide nos pacientes em uso de abiraterona.

A Dica é ilustrada com o caso clínico de um paciente de 70 anos submetido à prostatectomia radical por conta de um adenocarcinoma de próstata Gleason 7 (4 + 3), ISUP Grau 3, que apresentou resposta na troca de prednisona por dexametasona 0,5 mg/dia, mantendo a abiraterona, com redução do PSA (2017 a 2019).

“A troca de prednisona e dexametasona é uma estratégia absolutamente a ser pensada em casos selecionados, naqueles pacientes que têm uma oligoprogressão, ou seja, progressão pelo PSA e/ou progressão de doença mensurável com até 3 lesões ósseas, ou um pequeno aumento de lesões em partes moles, com pacientes assintomáticos”, comenta Dr. Maluf.

Confira a Dica.

Continue sua leitura

Mais informações e estudos no MOC Tumores Sólidos

Acessar MOC

Seja o primeiro a saber das novidades, cursos e novos manuais que serão lançados.

Cadastre-se abaixo para ter acesso:

Seu e-mail
Sua área de atuação

Sobre quais áreas você tem interesse de receber conteúdos?