Editores da série MOC: Antonio Carlos Buzaid - Fernando Cotait Maluf - William Nassib William Jr. - Carlos H. Barrios

Editor-convidado: Caio Max S. Rocha Lima

Dicas

Dica – Disfunção renal com uso de iPARP

O uso de inibidores de PARP importantes, como, olaparibe e rucaparibe pode levar ao aumento da creatinina, no entanto sem necessariamente resultar em uma disfunção renal.

Dados de um relevante estudo retrospectivo desenvolvido por especialistas do MD Anderson Cancer Center em pacientes durante uso de iPARP, revelam que mais da metade dos casos que haviam apresentado alteração na função renal calculada pelo método tradicional de Cockcroft-Gault tinham na verdade a função renal normal em exame de cintilografia renal.

Neste MOC-Dicas, vamos entender porque isso acontece e porque é importante confirmar a verdadeira função renal através de outros métodos (não necessariamente a cintilografia renal) antes reduzir a dose ou suspender o inibidor de PARP.

Para falar sobre esse tema pouco comum, mas relevante na prática clínica, recebemos a Dra. Graziela Zibetti Dal Molin, oncologista clínica da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, que participou do estudo conduzido pelo MD Anderson Cancer Center.

Continue sua leitura

Mais informações e estudos no MOC Tumores Sólidos

Acessar MOC

Seja o primeiro a saber das novidades, cursos e novos manuais que serão lançados.

Cadastre-se abaixo para ter acesso:

Seu e-mail
Sua área de atuação

Sobre quais áreas você tem interesse de receber conteúdos?